Pedal Aquático da Revolução Farroupilha

Hoje é feriado estadual no Rio Grande do Sul. Comemora-se cento e tantos anos da Revolução Farroupilha (acho que deve ser a única comemoração que existe no mundo para uma guerra que foi perdida, mas vá lá…).

Bom, saímos para um pedal curtinho, coisa de 50-60Km, conhecido como a “Volta do Carino”: eu, o Marcos e o Andrius.

No início, ainda na BR uma ventania contra anunciava que alguma coisa estava errada. Tinha uma ameaça de sol, que não se concretizou.

Na saída de Ana Rech, o Marcos montou a filmadora no capacete (daqui a uns 10 anos ele manda o vídeo pra colocar no YouTube): prendeu não sei de quê maneira um tripé na parte de trás do capacete e nele a máquina fotográfica. Até que funciona, depois assistimos o vídeo, fica bem interessante.

Andamos meio direto, passamos a represa do Faxinal e fomos indo. Antes da descida do rio São Marcos, começou a pingar e eu me mandei na frente, não estava a fim de descer o precipício debaixo d’água. Cheguei até a igrejinha no asfalto (BR116) e esperei um pouco por eles. Foi feita outra filmagem. Essa ficou melhor do que a primeira.


(foto da igreja – ainda bem que ficou bem nítida)

Aqui acaba a festa e temos a subida do Carino (em homenagem a uma ponte que tem no rio São Marcos – mas até hoje não sei quem foi esse daí). São uns 3Km de nível fácil/médio. No topo eu esperei os dois (debaixo de um eucalipto, a chuva estava apertando).

  

Nos reunimos e fomos indo pelo sobe-e-desce. Aí minha corrente voltou a encher o saco, secou o óleo e ficava trancando (chain suck). Não dava pra usar a coroa do meio: só a pequena, girando que nem um louco, ou a grandona, fazendo força como um escravo.

Mesmo assim viemos num bom ritmo. E a chuva aumentou o ritmo também. Por excesso de confiança, eu não estava usando corta-vento nem capa. Resultado: molhei até o fim da coluna.

Vim sempre na frente puxando, escapando um pouco. Estava frio, precisava me aquecer de alguma maneira.

Em seguida a parte boa termina, entramos na BR116 e depois da PRF vai cada um pro seu lado. Cheguei em casa às 11 horas com 55Km de pedal.

Nada mau para uma quinta de manhã.

(e amanhã tem mais, é só secar as roupas).

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: