Au, Au! Nhac, Nhac!

Ontem, pedal curtinho, só pra girar e desanuviar os pensamentos.

Subimos o 40. No meio do caminho perdemos dois pedaladores (Ivan e o tio dele). Não sabemos onde foram parar. Suspeitamos que desistiram em virtude do forte ritmo imposto na subida, cof, cof, cof.

Logo depois do morro do 40 (uma subida com cerca de 2Km), puro cascalho. Esquecemos que nessa época é a safra do cascalho. TODAS as estradas do interior do município estão florescendo de pedrinhas pontiagudas. Muito ruim de pedalar.

E não é que numa das subidinhas mixurucas que tem pela frente, vários animais de estimação (auaus domesticus) vieram ao nosso encontro?

E um deles me pegou de traição, deixando a impressão de sua arcada dentária na minha panturrilha esquerda.

Foi a primeira vez. Nunca tinha acontecido coisa semelhante.

Revi os meus conceitos com esses bichos. Vou partir pra ignorância.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: