Vila Jansen

Ontem foi dia de batismo nesse local.

A ponte sobre o Rio das Antas é caminho para Nova Roma do Sul.

O roteiro sai de Caxias, Farroupilha e depois toma-se a estrada vicinal até o final da serra. É um belo roteiro, 100Km ida e volta.

O único porém é um trecho crítico de 3Km logo após Farroupilha: onde a pista dupla acaba existe uma descida longa, com acostamento inexistente. Mas ali não é o problema. O perigo está no final da descida onde existem tachões no meio da pista e também na lateral. Ou seja: a pista fica muito estreita num ponto onde os carros (e principalmente caminhões) estão bem embalados.

O Indicatti já avisou no começo da descida: temos que dar um ligeirão aqui. CUDIU! E que ligeirão! Eu bobeei um pouco e acabei ficando uns 50 metros atrás e não consegui buscar mais os dois que estava na frente.

É um trecho com adrenalina lá em cima. E os batimentos, rotação e velocidade idem. A sorte é que é um plano com algumas descidas fracas, mas sempre a 40 por hora ou mais.

Faltando uma centena de metros para a entrada da estrada que leva a Vila Jansen o negócio fica mais light, a pista larga, com acostamento. Nesse ponto consegui alcançá-los.

Indo pra Vila Jansen temos uma subida longa, com uns 2Km e inclinação suave. Depois de São Marquinhos é um descidão até a Jansen (já me disseram que tem neguinho que vai a 80 por hora ali… eu não consegui mais do que 73). E cheguei no calçamento, mesmo morro abaixo mortinho.

A descida até a ponte é tranquila, mas friooooo pra burro, ainda mais nos trechos onde tem paredão de pedra. Aliás, essa descida é esquisita, tem partes que é preciso até pedalar de pé….

Chegando na ponte, meia volta e começamos a subir. Viemos light até um cotovelo onde a estrada fica mais inclinada, faltando uns 5Km para o final (a serra toda tem 18Km). Ali o piá baixou marcha, levantou do selim e sumiu! Eu nem tentei acompanhar, só dei uma forçadinha no ritmo pra deixar o outro companheiro de pedal pra trás, hehe.

Lá adiante o piá estava esperando. Novamente, saiu na frente, aumentou um pouco o ritmo, eu na roda. O outro cara já ficou. Numa outra curva, a repetição e ele sumiu.

Paramos na Jansen pra tomar uma Coca e comer um sanduba quentinho. Depois viemos num ritmo light até Caxias, mas na subida do Mart-Center um grupo de 5 ciclistas nos alcançou (nós vínhamos devagar esperando o Bazi que tinha “derrubado os facões”). Aí viemos mentindo e dando risada até a cidade.

Um bom pedal para uma tarde de feriado. 100Km a 25 de média.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: