Fita anti-furo

Desisti.

Depois de alguns furos bobos no pneu da speed, resolvi adotar a fita anti-furo.

Furos são normais. Quando o objeto furante é de tamanho considerável, tudo bem.

O problema é quando o pneu fura com objetos que mais se assemelham a grampos (daqueles de papel). Depois descobri o que são esses “grampos”: em estradas onde o asfalto foi feito com pneus, eles são picados, moídos, derretidos e sofrem outros processos. Essas coisas que eu achava que eram grampos, na verdade é o metal (aço) que foi utilizado na construção dos pneus.

Ontem instalei o Mr. Tuffy brasileiro, o TEC-TIRE. Paguei 38 reais o par na Estação Bike.

De cara já achei que a montagem do pneu ficou mais difícil, principalmente aquela porcaria do Continental, o Michelin foi mais tranquilo. A segunda impressão é que com as mesmas 110 libras eles parecem muito mais cheios do que antes.

Hoje vou pedalar para tirar ou confirmar essa impressão.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: